A importância da manutenção de equipamentos para as indústrias

 

 

Do modo contrário, as manutenções evitam que gastemos com problemas repentinos. Com isso, o proprietário poupa muito dinheiro. Continue lendo para conhecer as vantagens da manutenção e os diferentes tipos do processo.

Por que realizar manutenção?

Um equipamento quebrado ou com defeito gera um custo grande para qualquer indústria. Perde-se tempo e a produção é reduzida, e por consequência o lucro da receita também diminui.

 

 

Mas se a organização possui o hábito de realizar constantes manutenções nos equipamentos, ela praticamente acaba com o risco de danos e falhas. Além disso, estará evitando diversos outros tipos de problemas relacionados.

A manutenção evita, por exemplo, que sua empresa perca a confiabilidade dos clientes. Você cumprirá à risca os prazos especificados com eles, pois a chance de surgir problemas no meio da produção é quase nula. E se acontecer de um equipamento apresentar problemas, as receitas futuras não serão perdidas, pois tudo foi planejado de antemão. 

Você não precisará gastar com aqueles reparos que precisam ser feitos repentinamente. O índice de acidente no trabalho também diminui, e isso evitará que você tenha problemas com a Justiça Trabalhista. 

Observe que sem manutenção há uma cadeia de prejuízo. Até os produtos podem chegar às prateleiras com problemas por causa de falhas no equipamento. É como um serviço que não oferece o que promete por falta de treinamento dos envolvidos. É por essa razão que os equipamentos exigem uma atenção enorme. Como as indústrias devem cumprir o que prometem, seja com produtos ou serviços, a manutenção é fundamental para elas.

Diferentes manutenções

Existem alguns tipos de manutenção, veja:

Manutenção corretiva: Com o passar do tempo, os equipamentos perdem ou diminuem sua capacidade de produzir. A manutenção corretiva é feita para recuperar a capacidade operativa e produtiva desses equipamentos. 

Manutenção preventiva: Como o nome indica, essa manutenção tem o objetivo de prevenir danos nos equipamentos. Com ela é possível evitar problemas realizando algumas atividades, como troca de óleo, análise de peças, engraxamento, limpeza etc. 

Manutenção preditiva: Com ela é possível prevenir algum problema futuro através da análise e acompanhamento de uma parte do equipamento ou das instalações. O profissional buscará um diagnóstico focando apenas em um aspecto. Por exemplo, evita-se o problema com as válvulas ao se analisar e monitorar as suas variações, barulhos, etc. 

Manutenção produtiva total: Esse método não se limita à manutenção, mas abrange toda a organização e a visão das equipes sobre o processo. Com uma filosofia gerencial, o método influencia no comportamento das pessoas. Envolve partes externas à manutenção, como os aspectos ligados aos processos de produção. O objetivo é não ter falhas no equipamento. Essa manutenção não se volta às máquinas, mas às pessoas que estão ligadas à manutenção da qualidade do serviço ou produto.

Se você deseja encontrar uma empresa que ofereça manutenções de qualidade procure a Manutec. Com profissionais com mais de 30 anos de experiência no mercado, a empresa oferece serviços especializados em manutenção e reparos de equipamentos industriais. Entre em contato conosco!

Downloadhttp://bigtheme.net/joomla Joomla Templates